11/09/2018

UOL FAZ FAKE NEWS CONTRA USUÁRIOS DE TV PIRATA E DIZ SER FURO DE REPORTAGEM

Já publiquei hoje uma matéria aqui no GPS.Pezquiza.com dando conta dos novos números publicados pelo UOL na intenção de combater este acontecimento sobre o qual vou falar aqui nesta matéria, leia a matéria anterior se você não a leu ainda:

PIRATARIA DA TV PAGA NO BRASIL DIMINUIU EM 30% SEGUNDO DADOS PUBLICADOS PELO UOL

O motivador do UOL para publicar os dados que cito na matéria acima, que como puderam ver pela minha análise na matéria, acabou sendo um tiro que saiu pela culatra, é a informação, segundo o colunista Ricardo Feltrin, exclusiva, de que através de grupos de WhatsApp, usuários e comerciantes de aparelhos para a tv pirata estão se mobilizando contra a PLS 186/2013, conhecida como Lei da TV Pirata.
Resultado de imagem para fake news
A mobilização organizada através de grupos da rede social de comunicação, está promovendo uma ação de votação na página de consulta pública do Senado Federal sobre a concordância ou não com o texto proposto pela PLS 186/13.
Até o momento 10.597 pessoas votaram pelo Não Concordam contra 965 pessoas que votaram pelo Sim Concordam. Como se vê é um verdadeiro massacre de pessoas que não concordam com o texto proposto e que foi, pela última vez, modificado pela Senadora Ana Amélia que era quem, por último, estava responsável pela matéria.
Já fiz algumas matérias sobre O PLS 186/2013 desde quando ele foi proposto pelo Senador BLAIRO MAGGI e pelo que temos visto este projeto bate mais a cabeça que tudo e não chega a lugar nenhum, e pior, o texto dele é tão ruim que não vai conseguir a finalidade para o qual é proposto.
Vamos então falar da tal mobilização para votar discordando do tal projeto.
Quero lembrar aos senhores que eu não apoio a pirataria da tv por assinatura, motivo pelo qual volta e meia tenho que lidar com os ânimos exaltados de algumas pessoas que frequentam as minhas publicações, por conta disto em fevereiro de 2017 eu publiquei a seguinte matéria:
Na matéria eu já alertava àqueles que queriam combater a criminalização da pirataria da tv me ofendendo de que era muito mais produto votar não na página de consulta pública sobre O PLS 186/13 do Senado. Naquela data haviam cerca de 40 votos colocados na página, somando os a favor e contra, os votos a favor do projeto eram mais que os votos contra.
Em fevereiro de 2018 fiz nova matéria sobre a votação na página de consulta pública da Lei da Tv Pirata, você pode ler em:
Nesta nova matéria constatei que as pessoas se mobilizaram para votar na consulta pública, haviam 6.838 votos contra o texto proposto contra 415 votos a favor.
Logo se percebe que um ano após a publicação da primeira matéria aqui no GPS.Pezquiza.com mais de 6.800 pessoas resolveram exercer, legitimamente, o seu direito a se posicionar contra a Lei da TV Pirata, um ato legal numa sociedade democrática como é a brasileira. Da mesma forma mais de 400 pessoas se posicionaram a favor do projeto.
Passam-se então mais oito meses e o UOL vem dizer que os usuários e comerciantes do mercado de tv pirata no Brasil estão fazendo um lobby contra o PLS 186/2013, que em uma semana a votação ficou absurdamente contra ao texto do projeto, que houve uma mobilização absurda no começo de novembro contra a lei da tv pirata e blá blá blá.
Basta pegar os dados que eu venho publicando desde fevereiro do ano passado sobre a votação na consulta pública deste PLS para entender que é mais uma matéria inventada pelo UOL, ou seja, pura Fake News.
Vamos considerar que de fevereiro desta ano para cá a votação contrária ao PLS 186/13 tenha sido acrescentada de somente mais dois mil votos. A tal mobilização via WhatsApp teria conseguido acrescentar pouco mais de dois mil votos em uma votação que já estava maciçamente opinando contra a lei da tv pirata.
Não é preciso ser nenhum gênio para entender que a tal mobilização, descoberta de modo exclusivo pelo colunista Ricardo Feltrin do UOL, um grande furo de reportagem sobre o mundo da pirataria da tv por assinatura, um grande absurdo de quem usa e comercializa tv pirata, só pode ser uma de duas coisas: tentativa de manipular a opinião pública ou fake news.
O que estou falando nesta matéria não se trata de julgar se é correto ou não a pirataria da tv por assinatura, faremos uma matéria posterior sobre este assunto. O que trato aqui é a maneira como a grande mídia trata certos assuntos e como trata ao seu próprio público. Uma total falta de respeito aos leitores do UOL, se quer escrever ficção, que avise que o texto não contém informações reais. Se quer publicar informações de fontes não confiáveis sem checar, que avise que não foi você quem levantou aquela informação.
UOL: duas publicações totalmente despreparadas e erradas sobre um mesmo assunto, num dia só, publicadas pela mesma pessoa num site de um grupo que já está se notabilizando pela falta de credibilidade. Vocês podem fazer melhor não é mesmo?
Na mesma matéria o UOL chama de “lobby” a tal mobilização para chover no molhado. Alguém aqui não entende bem o que significa lobby. Se nem as operadoras de tv por assinatura com todo o seu poderio econômico conseguiram um lobby fote o suficiente para aprovar logo essa lei, iriam aqueles que são os “vilões” da tv por assinatura no Brasil conseguir um lobby tão forte assim apenas votando contra o projeto no site do Senado?
Por fim, um recado para as pessoas que estão indo votar na página de consulta pública do Senado em relação à lei da tv pirata, PLS 186/13: vocês estão indo votar contra um texto que nem leram e nem sabem o que realmente está sendo proposto; antes de votar façam o trabalho de casa, leiam o texto do projeto.
E para complementar leiam a seguinte matéria sobre o mesmo projeto:
Dica Útil 

Deseja receber informações do mundo digital, diretamente no seu e-mail, sem precisar ficar procurando ? 
Cadastra-se em nosso FeedBurner, assim você receberá um e-mail a cada novidade postada em nosso site automaticamente e em primeira mão, não fique de fora dessa. 
Várias novidades como, Novidades do mundo digital, Informações sobre o servidor, Notícias, atualizações, dicas e muito mais !

Instruções para cadastro: 
1° - No lado Superior esquerdo do nosso site, procure na coluna a opção " Receba notícias no e-mail" 


2° - Insira seu e-mail no campo "Email address" e logo em seguida clica em Submit. 
3° -  Abrirá uma janela pop-up para confirmar o cadastro, coloque o código de segurança e prossiga.
4° -  Ainda não está pronto, seu e-mail foi cadastrado, mais ainda não foi ativado, para ativar entre na sua caixa de entrada do e-mail cadastro e verifique um e-mail enviado pelo FeedBurner, ( Verifique também o lixo eletrônico ) dentro dele terá um link para ativação do cadastro, após clicar nele, está tudo pronto, tudo que postarmos aqui, você receberá tudo em primeira mão