10/09/2014

Satelite SES-6 ira transmitir filmes e eventos ao vivo para cinemas




A Cinelive está investindo na transmissão de filmes via satélite para cinema. Segundo a empresa, a transmissão diminui custos, facilita o processo logístico e incrementa a receita das redes com a exibição de conteúdos ao vivo como shows, jogos de futebol e eventos corporativos. “Com a digitalização e o fim das cópias físicas, tornou-se mais fácil trafegar o conteúdo. Contudo, ainda é um arquivo digital grande, e a transmissão via Internet não é ideal. Por isso, oferecemos um storage próprio de armazenamento e transmitimos o conteúdo via satélite”, explica Laudson Diniz, gerente executivo da Cinelive.

A transmissão do conteúdo ocorre por meio do satélite SES-6, operando em banda C. Com o espaço no satélite, o Cinelive expandiu sua capacidade de transmissão simultânea de espetáculos culturais e esportivos para até quatro eventos ao mesmo tempo. A empresa já contabiliza mais de 200 mil ingressos vendidos para esse tipo de atração. “Com o suporte da SES, poderemos expandir esse modelo para todo o território nacional”, explica Diniz. Até agora, a Cinelive já tem mais de 200 cinemas em sua base, entre elas todas as grandes redes. Até o final deste ano, a empresa espera abranger 100% das cerca de 2 mil salas capacitadas para receber o sinal com esse único satélite.

Para obter a transmissão via satélite nos cinemas é necessária a aquisição de antena e sua instalação deve ser feita diretamente com os fornecedores. Após esta etapa, o Cinelive disponibiliza os equipamentos necessários para a recepção de sinais ao vivo e transmissões de filmes, cedidos em comodato. A instalação padrão inclui um servidor de storage, com 8TB de espaço para armazenamento dos filmes, padrão utilizado pelos estúdios nos Estados Unidos.