8/18/2014

Polícia confirma que servidor descoberto era da AzBox ( IKS e SKS ) , e informa como descobriu.

O Gaeco, Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado, confirmou que o servidor de tv pirata fechado na cidade de Mogi Guaçu-SP era mesmo o que servia aos usuários da marca Azbox através dos sistemas IKS e SKS.
Mais um pouco do complexo sistema de quebra de chaves condicionais de abertura dos canais de tv paga nos pacotes das operadoras de tv por assinatura foi mostrado em uma reportagem do Correio.
Segundo a reportagem, era necessário um receptor Azbox especialmente preparado para conseguir quebrar a criptografia de cada canal do pacote da operadora de tv, sendo que no local onde estava montado o servidor da Azbox estavam instalados em rede 172 receptores de satélite, cada um portando um cartão de acesso condicional original de cada operadora.
Para conseguir uma quantidade de cartões originais de cada operadora tão grande a Azbox aliciava assinantes das operadoras para enviarem para ela um receptor original da operadora contendo um cartão de acesso condicional original da operadora, em troca de um receptor Azbox Premium e provavelmente mais alguma vantagem
O Gaeco no entanto já declarou que esta não foi a primeira vez que fechou um servidor de tv pirata da Azbox e que é questão de tempo até que outro servidor seja montado e o sistema volte a funcionar novamente para a marca.
O dado mais preocupante para os usuários da marca é que a polícia já tem acesso aos endereços IPs de todos os que estavam conectados ao servidor de IKS da Azbox. Através dos endereços IP é possível localizar o endereço real do usuário em qualquer lugar do Brasil.
A polícia diz que pretende realizar operações para surpreender os usuários de IKS da Azbox, apreender receptores e possivelmente até prender usuários do sistema.
O sistema de distribuição das chaves condicionais (keys) dos canais da tv por assinatura para os usuários da pirataria é bem mais complexo do que se pode imaginar e nós fizemos um extenso artigo contando os segredos da distribuição das keys através do IKS e SKS.
Esta operação no servidor da Azbox deve sim preocupar a todos os que usavam o serviço de IKS da marca pois tem um potência grande de gerar muita dor de cabeça aos usuários do sistema de pirataria da Azbox.
Na realidade não foi a polícia quem descobriu o local onde fica o servidor da Azbox e isto realmente precisa de um trabalho de inteligência especializado e posteriormente um pedido na justiça para que o provedor de internet utilizado pelo servidor da Azbox revela-se qual o endereço comercial ou residencial estava atrelada a um determinado endereço IP, endereço de internet, que estava sendo usado pelo servidor da Azbox.
Como todos sabem, as operadoras que controlam a internet no Brasil são as mesmas operadoras que vendem pacotes da tv por assinatura.
Quem descobriu onde estava o servidor IKS SKS da Azbox e ofereceu denúncia à polícia sobre este servidor de tv pirata foi a operadora que provia internet para aquele determinado servidor de tv pirata, a partir desta denúncia a polícia foi ao local conferir se realmente lá funcionava um servidor de tv pirata.

Mas o servidor da Azbox não direcionava as chaves de acesso para um servidor no Canadá e a partir do Canadá retornava estas chaves de acesso aos receptores piratas da marca aqui no Brasil?

Sim, era desta maneira que este servidor trabalhava, na tentativa de despistar o local de onde era enviado as chaves de acesso aos canais pirateados, e este é um bom disfarce mas não infalível, provavelmente a operadora conseguiu identificar o IP do servidor de redirecionamento que está no Canadá e então bastou filtrar entre os seus assinantes de internet banda larga qual o IP que estava enviando informações para aquele computador lá no Canadá, e pronto, a casa caiu.
E como mesmo a operadora descobriu que este IP do servidor da Azbox que ficava no Canadá?
Também é simples, ela usou um receptor pirata para isto e ficou rastreando o trafego de informações entre o receptor e o servidor. Qualquer dispositivo conectado à internet deixa um rastro fácil de ser seguido, é assim com o servidor de tv pirata da Azbox e de outras marcas e também é assim com o receptor de tv pirata que você por ventura possa ter em casa.
Agora afirmar com certeza que a polícia tem o Ip dos usuários da Azbox já é mais complicado, pois não sabemos se esta lista de IPs está salva no servidor do Canadá ou se ela também estava replicado no servidor apreendido esta semana.
Fonte : GPS Pesquisa