8/09/2014

Bomba: Cai por terra o sonho dos Receptores Pirata de Abrirem a Oi Tv no SeS 6

O sonho de receptores pirata abrirem o pacote de canais mais completo e recheado da TV brasileira fica mais distante, ontem dia 06 de agosto a Oi fechou acordo com a gigante empresa cisco para segurança de sua criptografia, acompanhe abaixo a reportagem completa do Portal do Satélite :
Oi seleciona tecnologia Cisco para sua nova
plataforma de televisão por assinatura via satélite
A Oi adotou o
Cisco Videoscape, solução que permite
disponibilizar rapidamente serviços digitais de
vídeo aos seus assinantes. Com uma solução
composta por Videoscape Videoguard Sistema de
Acesso Condicional (CAS – Conditional Access
System), interface de usuário e Videoscape
Mediahighway, a companhia tem à disposição uma
plataforma segura contra pirataria e uma imensa
lista de funcionalidade que será gradualmente
oferecida aos assinantes.
"Ao reunir os melhores componentes, a operadora
terá oportunidade de oferecer uma transmissão
linear, com canais em alta definição (HD), além de
poder reforçar suas receitas por meio de outros
serviços como a gravação digital de vídeo (DVR),
aplicações via internet (OTT), e guia de
programação eletrônica (EPG)", comenta Rodrigo
Dienstmann, presidente da Cisco do Brasil.
Com um sistema de criptografia altamente seguro,
além de impedir que o sinal da operadora seja
transmitido de forma illegal, ele garantirá a
utilização de pouca banda para a encriptação, o
que resulta em baixo custo operacional.
“A solução Videoscape nos permitiu entregar o
novo line-up com 43 emissoras e afiliadas da TV
Globo em HD com bouquets regionais, um zapping
de canais super rápido, grande usabilidade para o
assinante, além de um roadmap de serviços
bastante completo” afirma Ariel Dascal, diretor da
Oi TV.
A Oi investiu recentemente no novo satélite SES-6,
para viabilizar o aumento de capacidade de
transmissão do seu serviço de TV por assinatura.
Lançado em 2013 na base de Baikonur, no
Cazaquistão, o SES-6 também proporciona à Oi um
diferencial competitivo no mercado, por garantir
maior diversidade na programação e melhor
qualidade de som e de imagem.